terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Tindersticks

Enquanto aguardo a distribuição das estatuetas de cinema, estes são os meus homens do dia.
Os "Tinder" estiveram no Porto e houve muita gente a falar deles, da presença, da música, do legado que já é para o vasto mundo dos sons, o grande trabalho da banda. Estes ingleses de Notingham tocam desde a década de 90 e continuam aí, na boca do mundo. O cartão de visita é, sem dúvida, Stuart Staples e o seu aparelho vocal mas também não é de menos dizer que as presenças instrumentais de Neil Fraser (lead guitar) e de David Boulter nos teclados e percussões são fundamentais para o produto final chamado Tindersticks...
Dentro da música alternativa, a chamada música indie, eles são os meus favoritos. O último album, Hungry Saw está estupendo mas hei-de dizer que deve estar outro na forja, pronto a sair e a deliciar-nos. Fica aqui um aperitivo, para a semana correr melhor. A minha, sobretudo.

Sem comentários: